OS GANHOS DECORRENTES DA INEFICIÊNCIA NO SISTEMA PRISIONAL BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO

THE GAINS FROM INEFFICIENCY IN THE CONTEMPORARY BRAZILIAN PRISON SYSTEM

  • Gianpaolo Poggio Smanio
  • Karin Bianchini Girardi

Resumo

O objetivo deste artigo é refletir sobre os paradoxos da política penitenciária brasileira contemporânea que, sem prescindir da prisão como mecanismo central de gestão da criminalidade, enfrenta os impactos da eficiência administrativa e do gerencialismo no sistema de justiça criminal, notadamente com o advento da polêmica privatização dos estabelecimentos prisionais, que, longe de priorizar o cumprimento da finalidade ressocializadora da pena privativa de liberdade, encontra-se perversamente influenciada pelos interesses mercantis da indústria do encarceramento.

Publicado
2018-12-07
Como Citar
SMANIO, Gianpaolo Poggio; GIRARDI, Karin Bianchini. OS GANHOS DECORRENTES DA INEFICIÊNCIA NO SISTEMA PRISIONAL BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO. DELICTAE: Revista de Estudos Interdisciplinares sobre o Delito, [S.l.], v. 3, n. 5, p. 07-46, dez. 2018. ISSN 2526-5180. Disponível em: <http://www.delictae.com.br/index.php/revista/article/view/75>. Acesso em: 23 maio 2019. doi: https://doi.org/10.24861/2526-5180.v3i5.75.