[1]
B. Camargo, “ENTENDENDO O ASSÉDIO SEXUAL E A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES DE GÊNERO: INPUTS DA PESQUISA EMPÍRICA PARA O TRATAMENTO JURÍDICO-PENAL DA QUESTÃO”, 2526-5180, vol. 5, nº 9, p. 190–217, nov. 2020.